Tuesday, January 30, 2018

SALUT, BRUXELLES! - CITY GUIDE

Foi a votações e o "sim" aos posts sobre a viagem ganhou e por muito. Portanto aqui vamos nós :)
Adianto já que esta não foi uma daquelas típicas viagens de percorrer as capelinhas todas (que é como quem diz, não tentamos fazer check em todas as atrações turísticas das cidades por onde passamos). Fomos conhecer uma ou outra coisa, mas quisemos mesmo foi andar pelas cidades. Senti-las.
Vou tentar dar-vos algumas dicas e relatar aquela que foi a nossa experiência.

AEROPORTO
A viagem começou em Bruxelas. Chegamos no Domingo dia 14 de Janeiro à hora do almoço e ficamos até quarta-feira, dia 17, até à hora do almoço. Alertaram-nos logo para o facto de ser demasiado tempo em Bruxelas (portanto inventamos um saltinho a Amsterdão ali pelo meio, mas isso fica para o próximo post) :p De facto, dois dias em Bruxelas chegam perfeitamente.
Devo dizer que fiquei agradavelmente surpreendida com a cidade. Das cidades que visitei, não foi a minha preferida, mas gostei mais do que esperava (já tinha ouvido muitas vezes que Bruxelas não era nada de especial, por isso não ia com grandes expetativas). A Grand Place é lindíssima. Imponente!
Mas voltando ao início. Aterramos no aeroporto de Charleroi (e partimos de lá também). É um aeroporto mais distante da cidade (fica a cerca de 70km), mas a diferença de preço nos voos para o aeroporto de Zaventem (que é praticamente no centro) era muito grande naquele dia e acabou por nos compensar. O shuttle de Charleroi até ao centro demorou cerca de 45min, mas era super confortável (bem mais do que o avião xD)  e a estrada muito tranquila (era praticamente uma reta), por isso não custou nadinha. O shuttle ficou por 31€ por pessoa (porque compramos ida e volta). Se fosse só uma viagem seria 17€ por pessoa. Aconselho a comprarem na Internet (aqui) - poupa-se uns trocos ;)
NA RUA DO APARTAMENTO

ESTADIA
Durante esta viagem, optamos por ficar sempre em apartamentos. Como éramos dois casais acabou por ficar bem mais em conta. Além disso, fizemos algumas refeições em casa, quando estávamos mais cansados (o que pesa sempre um pouco menos na carteira :p).
Em Bruxelas ficamos hospedados no Laeken Residence. Gostamos bastante, o apartamento era uma espécie de loft, super bonito e espaçoso, apesar de sentirmos que precisava de alguma manutenção, nomeadamente nas casas de banho. (Pequena curiosidade: havia duas casas de banho no apartamento... uma com sanita e lavatório e outra com chuveiro e lavatório. Sem sanita. Aparentemente é algo comum - em Viena era igual).
O único senão do apartamento foi o lanço de 3 andares de escadas estreitas que tivemos (tiveram, os homens :p) de subir com as malas.
A localização era bastante boa também, tínhamos a estação de metro (de Brouckére) a 5 minutos a pé e a Grand Place a 10 minutos a pé.

NA RUA DO APARTAMENTO


TRANSPORTE
Em Bruxelas acabamos por andar quase sempre de metro: compramos passes diários que ficaram por 7,5€ por pessoa. É realmente o meio de transporte mais prático nesta cidade mas, se forem com malas, como nós fomos no primeiro dia, pode ser um bocado complicado, uma vez que os metros são bastante estreitos.

PARA VISITAR 
Para mim, e acredito que para a maioria das pessoas seja igual, o grande destaque de Bruxelas é a Grand Place. Tão bonita! Sentamo-nos lá numa esplanada (encasacados até às orelhas, obviamente), eles a beber uma cerveja, nós a tomar um latte macchiato e a olhar à volta, só a apreciar :)
De seguida fomos em busca do Manneken Pis (o menino a fazer xixi), que é lá perto. Não deixem de passar lá, mas vão preparados para encontrar uma estátua bem pequenina (eu sem óculos, quase nem o vi, a verdade é essa).
No regresso passamos ainda nas galerias Saint Hubert, que foram as primeiras galerias comerciais na Europa!
No dia seguinte fomos ao Átomo, que é um edifício super bonito e que, apesar de parecer bastante moderno, foi já construído em 1958. Não subimos (naquele dia estava a chover, portanto estávamos sem grande vontade para grandes passeios) mas vale a pena passar lá.
No final do dia, fomos ao Parc du Cinquantenaire, ver o arco do Triunfo. Tenho pena de não termos conseguido ver de dia :)
GRAND PLACE.
GALERIAS SAINT HUBERT
ÁTOMO.
PARC DU CINQUANTENAIRE


PARA SENTIR 
Não há nada melhor do que andar pelas ruas da cidade (de qualquer uma!). Sentarmo-nos num café, num pub, experimentar comidas típicas, bebidas típicas, observar as pessoas. Acho que os rapazes experimentaram todas as cervejas belgas (brincadeirinha, isso era impossível xD imaginem só que me falaram num bar que tinha mais de dois mil tipos de cerveja. Com muita pena nossa, acabamos por não conseguir ir lá).
Por parvoíce nossa (estávamos sempre a deixar para depois) acabamos por também não experimentar os famosos waffles - ai se o arrependimento matasse... :p

RANDOM
- Ora bem, se estava frio em Bruxelas? Estava! Mas suportava-se bem. Eu ia com tanto medo do frio que quando cheguei a Bruxelas pensei "ah, é só isto?" (mais para a frente na viagem vim a saber o que era frio :p). Mas agasalhem-se, que também não é como aqui.
- Em contrapartida as casas são SUPER quentes. Tivemos de dormir com as janelas abertas, só para terem uma noção. (e foi assim em todos os sítios onde estivemos).
- Achamos os preços em Bruxelas um pouco altos, comparados com os preços cá em Portugal, mas nada que já não estivéssemos à espera.
- Nenhum de nós sabia falar francês e tivémos alguma dificuldade em comunicar em inglês. Na verdade, sentimos alguma falta de vontade em compreender do outro lado. Mas lá nos desenrascamos :)

Já estiveram em Bruxelas? O que acharam? :)
Espero que tenham gostado da primeira parte destes posts. Qualquer dúvida, é só deixarem nos comentários. Vemo-nos em Amsterdão :p
B.

SHARE:

8 comments

  1. Thanks for sharing all the beautiful pictures!
    xx from Bavaria/Germany, Rena
    www.dressedwithsoul.com

    ReplyDelete
  2. Anonymous30/1/18 10:17

    Aiii os chocolates !!! :p

    PS. Em Portugal também temos casas de banho dessas xD

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ahaha, a sério? Por acaso por cá nunca vi, por isso achei imensa piada :)

      Delete
  3. Obrigada! Realmente, viajar é das melhores coisas da vida. Nunca fui a Bruxelas nem Amsterdão, mas estou a planear ir a Cracóvia, portanto, estou ansiosa pelo post.

    ReplyDelete
  4. Já la fui e fui a esses sitios inclusive, maaaas...não gostei muito. Gostei da GRand Place, e só...Cidade que gostava de visitar era Amesterdão! Sem dúvida:)
    Tens aí fotos tão lindas que o instagram devia de ver , ehehe

    ReplyDelete
  5. Não conheço quiça um dia. As fotografias estão muito bonitas
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ReplyDelete
  6. Fiquei com vontade de ir já apanhar o próximo avião para lá!!

    ReplyDelete
  7. Adorei o relato da viagem!!!! Achei super interessante pois ajuda muito a quem quiser fazer esse tipo de viagem. As fotos estão lindíssimas!!! Bjnhosssss

    ReplyDelete

© 2018 My kind of joy | All rights reserved.