Wednesday, January 31, 2018

GOEDENDAG, AMSTERDAM! - CITY GUIDE

Ora bem, não sei se, em rigor, posso chamar a este post um city guide, uma vez que Amsterdão foi a única cidade onde nem sequer ficamos a dormir (estivemos lá apenas algumas horas, do final da manhã até depois do jantar). O que sei é que não podia deixar de falar daquela que é provavelmente a cidade mais bonita, de todas as que já tive a oportunidade de visitar - mesmo tendo visto tão pouquinho. Além disso, recebi algumas mensagens com dúvidas enquanto lá estive (e tirei muitas fotos), por isso vamos lá :p

DE BRUXELAS PARA AMSTERDÃO
Como vos expliquei no post anterior, planeamos desde o início dar um saltinho de comboio a alguma outra cidade, durante a nossa estadia em Bruxelas. A nossa opção A era Amsterdão e a opção B era Bruges e/ou Antuérpia.
Quase desistimos da opção A: a viagem de comboio - a mais económica - demorava cerca de três horas (ainda por cima, precisamente naquele dia estava a haver obras nas linhas de comboio, o que fazia com que demorasse ainda mais do que o normal) e ficava por quase 90€ por pessoa. A verdade é que não nos apetecia gastar um valor tão elevado para ficar meia dúzia de horas em Amsterdão. Numa última tentativa de concretização, decidimos ir ver preços de aluguer de carros, lá mesmo na estação de comboios Midi/Zuid. E não é que compensava, e muito? Ficou por cerca de 95€, fora combustível (cerca de 24€ por pessoa), aluguer de 24h, com seguro contra todos os riscos e sem limite de kilómetros. Dica: aconselho-vos a pedirem preços nas diversas empresas de aluguer que, lá na estação, são todas umas ao lado das outras - variava e não era pouco!
E lá fomos nós, de Bruxelas para Amsterdão de carro. A viagem durou cerca de 2h. :)
Preferimos jogar pelo seguro e deixamos o carro num parque de estacionamento (ficou por 50€, o dia inteiro).

COFFEE SHOPS & RED LIGHT DISTRICT
Estacionamos e fomos à descoberta! Mal chegamos a Amsterdão, apeteceu-me saltar fora do carro. Era tudo tão bonito! A arquitetura, as ruas, os canais... lindo! Reparamos imediatamente que, olhando à nossa volta, parecia que TODA a gente estava no seu mundinho - se é que me entendem :p
Os homens queriam pousar numa das famosas coffee shops, mas achamos por bem primeiro forrar o estômago - nada de típico, não me recordo sequer do nome do restaurante, mas era perfeitamente comum.
Comemos e fomos então procurar uma coffee shop. No caminho passamos pelas montras do red light district... pensava sinceramente que era apenas uma rua com raparigas nas montras, mas não. São várias ruas, perpendiculares ao canal onde nos encontrávamos, com meninas nas montras. Havia sinais pedindo que não as fotografássemos ou filmássemos, por uma questão de respeito - sinceramente, mesmo sem os sinais, não o faria. Mas não é nada de chocante. São apenas montras, com raparigas sentadas ou em pé, de lingerie. A maioria até estava com o telemóvel na mão, a fazer alguma coisa, super casuais e descontraídas.
Fomos então parar a um "The bulldog", que é uma cadeia de coffee shops, sendo que a primeira coffee shop que apareceu em Amsterdão era desta cadeia. É um bar, perfeitamente normal, onde se toma um copo, onde se fuma, mas com uma pequena particularidade: não se fuma tabaco - é proibido xD Todos os turistas que lá entravam, estranhavam!
Quanto à pergunta que estão provavelmente a fazer na vossa cabeça: eu apenas experimentei um bolinho de erva. Dei uma trinca e achei que sabia tão mal, que não repeti! Mas houve quem comesse inteiro e não sentiu nadinha.- e foram SUPER caros! Quanto ao resto... o que mais nos alertaram foi para ter cuidado com o que se tenta vender na rua.
A verdade é que é algo completamente natural em Amsterdão. Os rapazes chegaram a presenciar um convívio familiar numa esplanada, dois senhores com os seus 70 anos, com as esposas e filhas a ter uma conversa completamente normal enquanto fumavam erva.
"VÁ, AGORA UMA FOTO NORMAL, PÕE-TE DIREITA!" xD


TATTOO
Adiante. Mal chegamos à cidade, reparamos que havia lojas de tatuagens espalhadas por todo o lado. Começamos na brincadeira "E se fizéssemos uma tatuagem?!". "Ah, se toda a gente fizer, também faço". "Se virmos mais três lojas de tatuagens é um sinal!".
Pois bem, a coisa deu-se! Tatuamos todos um aviãozinho, em memória desta viagem. :p
Sempre quis ter uma tatuagem, mas já não acreditava que fosse acontecer. Sou uma pessoa que pensa muito nas coisas e tanto pensava antes de fazer uma tatuagem, que acabava por nunca acontecer. Desta vez, decidi deixar-me levar, e não me arrependo :)
Várias pessoas me perguntaram onde fizemos a tatuagem e se recomendo. Foi na The3Sins e, para ser sincera, não sei se recomendo ou não. Foram super profissionais e gostei muito da minha tatuagem, mas é uma tatuagem simples, pequena e eu não conheço mais nenhum trabalho delas. Não foi sequer algo que eu tenha pesquisado antes de acontecer, portanto ponderem bem!

RANDOM
Quanto a estadia, meios de transporte na cidade, sítios a visitar, com muita pena minha, não vos posso dar grande dicas, porque não tivemos tempo :( O que fizemos foi passear a pé pela cidade durante uma tarde, basicamente.
Pensava que ia ver MILHARES de bicicletas em Amsterdão. Honestamente, nessa parte fiquei um pouco "desiludida" - vi bem mais em Copenhaga (Lembram-se? Aqui, por exemplo). Mas também já me disseram que não calhou irmos aos sítios com maior concentração de bicicletas. E nem isso me impediu de quase ser atropelada por uma xD
Relativamente à temperatura, estava mais ou menos como em Bruxelas. Frio, mas suportável. Tivemos foi uma enorme sorte, porque estivemos lá um dia antes do temporal :p No regresso apanhamos alguma chuva, vento e uns trovões, mas nada de especial - andamos sempre à frente do temporal, parece!
E assim foi. Regressamos a Bruxelas depois de jantar (com uma grande vontade de voltar para conhecer Amsterdão como deve ser), que no dia seguinte à hora do almoço tínhamos voo para Cracóvia.


Vemo-nos no próximo destino? :)
B.

SHARE:

11 comments

  1. Adoro que tenham feito todos uma tatuagem!!! Eu vou em Março à Tailândia e adorava ter esse impulso para fazer, mas depois não conheço quem tatua e ia ficar super nervosa xD Gostei do teu guia, um dia quando for à cidade passo para ler com ainda mais atenção :)

    ♡ Beijinhos, Simply Ana Blog

    ReplyDelete
  2. quero muito conhecer amsterdão
    beijinhos

    |último post|
    http://eyeelement.blogspot.com/2018/01/skincare-routine.html

    ReplyDelete
  3. Amsterdam is one of my favorite European city!
    http://www.docdivatraveller.com/

    ReplyDelete
  4. Adoreiiiiiiiii!!!! O post está espetacular! Essa é sem duvida a cidade que eu mais gostava de conhecer de todas as que foste. Quem sabe se quando eu lá for tb faça um aviãozinho... KKK
    As fotos estão super lindaaaaas!!! Bjnhossss

    ReplyDelete
  5. Opa que delicia :) , quero tanto ir lá! Estas fotos estão brutais!
    A ideia da tatto foi de genio,nada melhor que fazer estas coisas por impulso e por uma razão,nao serem feitas so porque sim !

    ReplyDelete
  6. Amesterdão é uma das cidades que mais quero visitar, adorei a tua publicação e as fotos! :)

    Beijinhos,
    Catarina Pinho

    ReplyDelete
  7. Que bonitos registos fotográficos, adorei a tatuagem ;)
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ReplyDelete
  8. Amei o facto de teres feito essa tattoo por um destino de férias. Têm super significado mesmo!
    Love, M
    www.blackrosebyannluck.com

    ReplyDelete
  9. Ansiosa pelo próximo destino :))

    ReplyDelete
  10. Anonymous4/2/18 22:21

    É pena q tenham ficado tão pouvo tempo.
    Considero Amesterdão a cidade mais bonita q visitei. E é verdade,há medmo muitas bicicletas!!!

    ReplyDelete

© 2018 My kind of joy | All rights reserved.